Queda nas cotações dos lácteos no mercado atacadista

Na média dos produtos pesquisados pela Scot Consultoria, a queda foi de 0,5% na comparação mensal. Em novembro, o aumento mais expressivo na captação do leite cru nas principais bacias leiteiras levou a recuos nos preços dos lácteos no mercado atacadista e varejista. O consumo reagindo, mas ainda fraco, na ponta final da cadeia contribui com o esse cenário de preços mais frouxos.


Foto: Scot Consultoria


17/12/20221 - Em novembro, o aumento mais expressivo na captação do leite cru nas principais bacias leiteiras levou a recuos nos preços dos lácteos no mercado atacadista e varejista. O consumo reagindo, mas ainda fraco, na ponta final da cadeia contribui com o esse cenário de preços mais frouxos.


Na média dos produtos pesquisados pela Scot Consultoria, a queda foi de 0,5% na comparação mensal.


O preço do leite longa vida (UHT) no atacado caiu 4,0% comparado ao mês anterior.


Além do leite longa vida, os queijos muçarela, parmesão e prato e o leite em pó integral também apresentaram quedas, de 2,0%, 0,3%, 1,5% e 0,9%, respectivamente, comparados mês a mês.


Na comparação ano a ano, o leite UHT está custando 7,3% mais este ano e na média dos produtos pesquisados pela Scot Consultoria o incremento foi de 7,9%.


Para saber mais sobre o mercado de leite, custos de produção, clima, preços dos lácteos no atacado e varejo e expectativas para a cadeia assine o Relatório de Mercado de Leite da Scot Consultoria. Mais informações em:

Fonte: Scot Consultoria

3 visualizações