top of page

Crê$er Genética: Projeto de melhoramento genético bovino da Cooperativa Vale do Rio Doce completa 10 anos

Atualizado: 25 de jun.



A qualidade dos produtos de origem bovina depende da soma de diversos fatores como nutrição, bem-estar, manejo e genética. A evolução e adaptação dos bovinos tende a acontecer de forma espontânea como em toda a natureza, mas com os avanços tecnológicos dos últimos 20 anos, passou a ser possível acelerar o melhoramento genético, algo que vem aumentando de forma significativa o nível de produtividade de muitos pecuaristas.


A Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce, parceiria e associada do Silemg, é idealizadora de um projeto voltado exclusivamente ao melhoramento genético, o Crê$er Genética, realizado juntamento com a ABS, uma das líderes no mercado de genética bovina. O foco do projeto é tornar a genética de ponta acessível aos integrantes do quadro de cooperados, sejam pequenos, médios ou grandes produtores.


Em 2024, o projeto completa 10 anos e alcançou uma marca histórica chegando ao número de 10 mil prenhezes positivas de fêmeas. Isso representa um salto na economia, tanto no aumento de produção das vacas em lactação, quanto na mudança considerável do valor de venda de animais com genética de alto padrão. O projeto saiu da marca de 900 transferências de embriões por ano, e hoje já realiza cerca de 5.200, com uma média atual de 26 mil oócitos (gâmeta feminino produzido nos ovários pela oogénese) coletados anualmente, um salto considerável, que demonstra a confiança dos produtores no Crê$er Genética, e a obtenção de bons resultados.


Como case de sucesso, durante o ano de 2022, foram mais de 9.000 mil prenhezes totais e mais de 8.000 mil prenhezes de fêmeas confirmadas e, ao longo de 8 anos, as Rodadas de FIV da Cooperativa resultaram numa média de 792 bezerras de genética elevada por ano. Vale lembrar que para além dos aumentos significativos na produção de leite, a FIV (fertilização in vitro) contribui para a valorização do gado dos produtores, que podem comercializar bezerras, novilhas e vacas com maior valor de venda. O valor de venda de uma bezerra proveniente de FIV gira em torno de 15 mil, multiplicando esse valor pelo número de bezerras, são cerca de 150 milhões de reais aplicados na economia local; Em 2023, as Rodadas de FIV da Cooperativa resultaram em 1.694 prenhezes positivas de fêmea. Em comparação com as rodadas de 2022, houve um aumento em cerca de 30% no número de prenhezes de fêmea.


Confira o depoimento do Sr. João Marques, presidente da Cooperativa: “Esse é o diferencial da Cooperativa, o nosso foco não está só no produto, está principalmente no desenvolvimento e crescimento dos nossos cooperados. Trazer evolução para atividade leiteira aumenta nosso nível de produção e garante qualidade de vida para os cooperados e suas famílias. O Crê$er Genética com certeza está alinhado ao propósito da nossa Cooperativa, que é transformar vidas.”


O Crê$er Genética, portanto, tem um papel transformador na produção e na qualidade do leite, gerando impacto econômico positivo na indústria e consequentemente.


Acesse o link o confira depoimentos dos envolvidos no projeto Crê$er Genética:



Fonte: SILEMG

Yorumlar


Yorumlara kapatıldı.
bottom of page