22 razões para manter os lácteos em sua dieta em 2022

Admita, todos acabamos entrando nessa mentalidade de "ano novo, novo eu", quando o relógio bate meia-noite na véspera de Ano Novo. De acordo com estatísticas nos EUA, ter uma dieta mais saudável, fazer mais exercícios e perder peso foram 3 das resoluções mais populares de Ano Novo em 2021, seguidas de economizar mais e gastar menos dinheiro.



17/01/2022 - Admita, todos acabamos entrando nessa mentalidade de "ano novo, novo eu", quando o relógio bate meia-noite na véspera de Ano Novo. De acordo com estatísticas nos EUA, ter uma dieta mais saudável, fazer mais exercícios e perder peso foram 3 das resoluções mais populares de Ano Novo em 2021, seguidas de economizar mais e gastar menos dinheiro.


Felizmente, manter os produtos lácteos em sua dieta pode ajudar em todos esses objetivos! Aqui estão 22 razões:


1. É repleto de nutrientes – O leite contém nove nutrientes essenciais, que incluem:

  • Cálcio

  • Vitamina D

  • Vitamina A

  • Riboflavina

  • Fósforo

  • Vitamina b12

  • Proteína

  • Potássio

  • Niacina


2. Perda de peso – Todos comemos demais durante as férias, mas comer lanches recheados de proteína é, na verdade, recomendado por nutricionistas! A proteína de alta qualidade encontrada no leite, queijo e iogurte faz com que nos sintamos mais saciados por mais tempo, o que pode ajudar na perda de peso.


3. Uma lista de ingredientes que você pode entender – O leite é composto de apenas três ingredientes - Leite, vitamina D e vitamina A. Os sucos à base de plantas podem conter 10 ou mais ingredientes adicionados!


4. Zero açúcares adicionados – Zero! Nada! O leite contém zero açúcares adicionados e apenas 12 gramas de açúcar natural (lactose).


5. Os lácteos podem economizar muito dinheiro – Um lar americano médio gasta cerca de 10% de seu orçamento com comida (quase US$ 80 por semana em mantimentos). Se os consumidores comprassem leite toda semana, eles gastariam cerca de US$ 628 por ano. Isso é bem menos do que os US$ 1.222 que seriam gastos na compra de suco de amêndoa. Em comparação, o leite economizaria quase US$ 600 por ano para os consumidores!


6. Crescimento celular – De acordo com o Medical News Today, a vitamina D, um nutriente encontrado no leite, ajuda a desempenhar um papel na regulação do crescimento celular e na proteção contra o câncer.


7. Melhor do que bebidas esportivas – Acabou de fazer um treino? Beba leite achocolatado! É uma ótima fonte de eletrólitos, incluindo cálcio, potássio, sódio e magnésio para ajudar a rep or o que é perdido no suor.


8. Pressão arterial – Quase um terço dos americanos sofrem de pressão alta. De acordo com a Dairy Good and the National Dairy Council, o consumo de produtos lácteos está ligado a um risco menor de hipertensão.


9. É um produto sustentável – Os produtores de leite se dedicam a produzir um produto rico em nutrientes, ao mesmo tempo que cuidam de seus animais e do meio ambiente. De acordo com o Midwest Dairy, as vacas são os melhores recicladores da natureza e cerca de 80% do que as vacas comem não pode ser consumido pelas pessoas.


10. Poder da proteína – Uma porção de leite contém 8 gramas de proteína altamente nutritiva. Em comparação, seria necessário beber uma porção de suco de soja (7 g de proteína) MAIS uma porção de suco de amêndoa (1 g de proteína) para igualar o valor protéico do leite.


11. Dentição forte – Uma nutrição saudável e bons hábitos alimentares ajudam a manter os dentes fortes e brancos. Os alimentos lácteos têm um papel específico a desempenhar na saúde dentária, pois contêm uma combinação única de nutrientes especiais anti-cárie, como cálcio, fósforo e a proteína caseína, conforme relatado por Legendairy.


12. Melhoria da imunidade – A vitamina A, um nutriente essencial encontrado no leite, ajuda a manter um sistema imunológico saudável.


13. Melhor saúde das articulações – Pesquisas mostram que beber leite todos os dias tem sido associado à redução da progressão da osteoartrite, uma doença que afeta gravemente a nossa mobilidade e a saúde das articulações.


14. Redução de inflamações – Foi demonstrado que consumir iogurte desnatado reduz a inflamação crônica e também melhora a integridade intestinal.


15. Músculos mais fortes – O declínio do tecido muscular esquelético e a perda de força com a idade é chamado de sarcopenia, a qual está associada a um risco aumentado de quedas e pode contribuir para problemas de saúde. Beber leite rico em proteínas e praticar exercícios regularmente pode ajudar a retardar a perda muscular relacionada à idade.


16. Saúde intestinal – Alimentos lácteos fermentados, como iogurte, contêm probióticos que fornecem uma ampla gama de benefícios à saúde. Os probióticos na dieta podem aumentar as bactérias boas no intestino, melhorar a saúde e reduzir o risco de certas doenças, conforme relatado pelo Dairy Council of California.


17. Risco reduzido de diabetes – Estudos demonstraram que a gordura láctea encontrada no leite integral e no queijo pode ajudar a reduzir o risco de diabetes tipo 2.


18. Vitamina D – De acordo com a Milk Life, quase metade dos americanos obtém vitamina D do leite. Uma porção de 8 onças contém 30% de sua quantidade diária recomendada de vitamina D.


19. Reduz o risco de doenças metabólicas – Cerca de um em cada três adultos tem síndrome metabólica, um conjunto de fatores de risco que aumenta o risco de derrame e doenças cardíacas. Pesquisas sugerem que os alimentos lácteos podem ajudar a reduzir esses fatores de risco.


20. Magro e significativo – Rico em proteínas de alta qualidade, o leite ajuda no aumento da massa muscular magra.


21. Ajuda a prevenir azia – Comida picante causando azia novamente? Estudos sugerem que o leite tem um efeito que protege o estômago e o esôfago contra a azia.


22. Variedade e versatilidade – Este repositório de nutrientes não só tem um sabor excelente por si só, mas sua versatilidade torna-o fácil de usar em outros pratos também. Despeje sobre o cereal, adicione a um smoothie ou adicione ao seu molho favorito. As possibilidades são infinitas!


Fonte: Dairy Herd Management

Traduzido e adaptado pela Equipe do Canal do Leite

0 visualização